sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Sobre Palmares...

Ok...não vou falar muito, mas vou divulgar minha insatisfação! (de novo)
Muito lindo o dia da celebração negra, da diversidade, igualdade...tudo bem.
Acontece que os símbolos da luta, a saber, o senhor Zumbi e sua ilha de liberdade - Palmares, uma nação, um lugar da maior importância para a história do Brasil, das raças formadoras da nossa identidade...ahhh, vou parar de enrolar!
O fato foi o seguinte, eu quis (MUITO) conhecer o lugar onde foi o quilombo dos Palmares, na Serra da Barriga em Alagoas e soube que está abandonado, não tem nada que valha uma visita...não tem nada interessante no lugar, não tem ninguém responsável no lugar que possa mostrar, guiar (palavras de nativos)...dá pra entender o motivo da minha revolta??? 
Disseram até: - Não vai lá que tá deserto. Nenhum museu...nada funcionando.(palavras de gente do local)
Palmares foi, foi...foi de não é mais. 
Palmares vive na memória e nos livros de história, porque se depender da visitação dos brasileiros, do estímulo ao turismo histórico...Palmares só foi.
Desabafei! 


- publiquei este texto no ano passado em meu outro blog .clique aqui se quiser conhecer.

8 comentários:

expresso moda disse...

Gostei!
Êta menina inteligente e consciente!

bjs e ótimo final de semana,LISI!

gabriela disse...

é uó...
é triste.
mas isso resume a população, ou parte dela...

não tinha pensando nunca em visitar, nem nada, mas... não ter nada !? é triste, é perder e matar uma herança.

expresso moda disse...

MENINA,VOCÊ ACREDITA QUE HOJE ESTAVA LEMBRANDO DE TI!
O QUE ACONTECEU COM LISI?
Não é um bom título para um filme?

Some,não,fia!

bjs,saudades também!

.lívia. disse...

Lisi!! saudade de vc! fiquei feliz em vc um comment seu no meu blog! passa mais lá! e faça o favor de postar mais aqui! haha
:****

Filipe Malafaia disse...

Olá, Lisi. Sobre a questão de Palmares, sugiro a leitura do Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil, de Leandro Narloch. O livro esclarece muitas coisas sobre o q a gente acha ser verdade na nossa história. A história de Zumbi, por exemplo, que não passa de um tremendo exagero da parte de alguns escritores brasileiros. Segundo Narloch, Zumbi não intencionava criar um lugar de liberdade, mas sim estabelecer um novo reino como os que havia na África. O próprio Zumbi tinha escravos! Enfim, vale a pena conhecer mais a respeito. Dito isto, sou favorável a um dia que lembre a luta dos negros por justiça e igualdade, mas gostaria q esse dia fosse em outra data, já q tenho descoberto que o mito Zumbi não passa de uma farsa.

Stylosophy | Lisi disse...

Oi Felipe - respondo aqui porque não tive acesso ao teu perfil.
A verdade é que sei (sabemos) disso mas não quis entrar nestes detalhes.
Ainda que Zumbi fosse quem foi, já que falam tanto de Palmares e o usam tanto como símbolo, deveriam valorizar mais o lugar.
Gostei muito do comentário. Obrigada!
Vou procurar o livro que vc indicou. Amo ler sobre história.

Stylosophy | Lisi disse...

Pauloooo - eu aceito fazer o filme! kkk. O fato é que estou sem minha estação de trabalho, uso um pczinho minúsculo.
Bjins!
Passsando no Expresso Moda já já!

18º, please! disse...

adorei seu comentário, não foi a primeira seguidora mas foi uma das primeiras hahaha e pode deixar que logo logo vamos postar o que você pediu.

aaaah e fala pro seu marido consertar logo esse computador. haha